Novembro Azul: um lembrete sobre o cuidado da saúde do homem

O Novembro Azul teve início em 2003, na Austrália.  A ação tem o objetivo de chamar a atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce das doenças que atingem a população masculina, com ênfase na prevenção do câncer de próstata, o segundo mais comum entre os homens brasileiros (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma).

A única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. Por isso, mesmo ele sendo considerado um tumor da terceira idade (75% dos casos ocorrem a partir dos 65 anos) é importante que mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 50 anos, procurem um urologista para realizar o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, e o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico). Homens que tenham fatores de risco devem iniciar a prevenção a partir dos 45 anos.

Sintomas:

  • Dor óssea;
  • Dores ao urinar;
  • Vontade de urinar com frequência;
  • Presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

Fatores de risco:

  • Histórico familiar de câncer de próstata: pai, irmão e tio;
  • Raça: homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer;
  • Obesidade

Tratamento:

  • Doença localizada (que só atingiu a próstata e não se espalhou para outros órgãos): cirurgia, radioterapia e até mesmo observação vigilante (em algumas situações especiais) podem ser oferecidos;
  • Doença localmente avançada: radioterapia ou cirurgia em combinação com tratamento hormonal podem ser utilizados;
  • Doença metastática: (quando o tumor já se espalhou para outras partes do corpo), o tratamento mais indicado é a terapia hormonal.

 

Deixe um Comentário

START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH