Compartilhando Riso

Compartilhando Riso leva alegria a hospitais do Grupo São José

Trabalho voluntário do Compartilhando Riso em prol do bom humor é realizado conta com visitas semanais no Hospital São José e Pró-Infância 

Com certeza já ouviu o ditado popular “rir é o melhor remédio”, não é mesmo? O Grupo São José Saúde sabe muito bem disso e, por isso, há oito anos abre espaço para o projeto “Compartilhando Riso”. Por meio de visitas semanais em hospitais, o projeto tem como objetivo levar a alegria dos doutores besteirólogos aos pacientes na tentativa de fazê-los esquecerem do ambiente e situação em que se encontram.  

Sobre o Compartilhando Riso

Com muito bom humor e vontade de mudar o mundo, a Associação Voluntários em Prol do Bom Humor compartilha um pouco de alegria e carinho para quem precisa, e é a responsável pelo projeto de visitas em hospitais. “Em 2010 começamos a treinar, a nos preparar para fazer algo realmente efetivo, e uma das coisas que priorizamos era fazer visitas em hospitais que fossem ao encontro da nossa filosofia, que é pensar no paciente e colocá-lo em primeiro lugar, explica Poliana Rizo, presidente e fundadora da ONG junto com seu pai, Francisco Rizo.  

Nesse processo de pesquisa, encontraram o Hospital São José e viram que era um bom lugar para começar. “É um hospital que temos muito carinho. Vejo que o lado humano é valorizado, percebemos na relação entre paciente e enfermeiros que existe respeito e carinho”, conta. Inicialmente, o projeto era de dois anos, mas foi estendido e continua sendo desenvolvido tanto no Hospital São José como no Pró-Infância.

“Eles não tratam as pessoas só como pacientes, já vi enfermeiras tratando o paciente pelo nome, como se fosse alguém da família mesmo, e não uma pessoa desconhecida”, conta Bruna Marcusso, voluntária da ONG.  

O voluntário 

Há cinco anos no projeto, Bruna, mais conhecida no hospital como Dra. Bruneca diz que nem sempre vai para levar alegria, e sim conversar e ouvir o que o paciente tem para falar.  “Essa troca com o ser humano que é muito gratificante, acabo conhecendo pessoas diferentes em um mesmo lugar, com histórias diferentes que acrescentam na minha vida”, conta.  

Segundo a fundadora da ONG, sua missão como Dra. Paçoca é fazer com que o paciente se conecte com o lado saudável dele naquele momento, e tire o foco da dor e da saudade de casa. “É muito gratificante quando saio do quarto e vejo que o rosto do paciente mudou, e que ele já está pensando diferente. E como presidente da associação sou grata quando vejo que o nosso projeto está sendo ponte de quem quer fazer o bem e de quem precisa. Me orgulho do processo de treinamento que oferecemos aos voluntários, e de poder enviar pessoas preparadas para os hospitais.”, ressalta.  

WhatsApp Image 2018-05-24 at 13.46.43

Portas Abertas 

O projeto Compartilhando Riso começou com sete palhaços, hoje, conta com mais de 100 voluntários e mais de 10 mil visitas desde a fundação. “Hoje a ong já ganhou título de utilidade pública em São José dos Campos, e tem crescido cada vez mais.”, afirma Bruna. Além dos hospitais, a associação também tem o projeto de palestras para empresas e escolas, e clínicas de humor nas ruas, escolas, com o objetivo de prevenir o stress e mau humor e lembrar que a felicidade está nas pequenas coisas.  

A cada dois anos a associação abre as portas para novos voluntários que tenham interesse em fazer as visitas nos hospitais. Os interessados participam de um treinamento de 6 a 8 meses com aulas de teatro, de música, higienização hospitalar, e de como proceder dentro do hospital. “A gente costuma dizer que fazer palhaçada é coisa séria”, brinca Bruna.  

WhatsApp Image 2018-05-24 at 13.44.41

Sobre o autor(a):

2 Comentários

Deixe um Comentário

START TYPING AND PRESS ENTER TO SEARCH